Ter lojas integradas é o primeiro passo para que as filiais de sua empresa tenham tanto sucesso quanto a matriz. Sem essa integração, seria difícil garantir que todos os processos estão sendo feitos da mesma forma, o que geraria descontrole.

Além desse fator, a padronização e integração das lojas é fundamental para permitir sua boa gestão. As estratégias da empresa dependem diretamente das informações que cada filial fornece e a falta de coesão desses dados poderiam levar a organização à falência.

Por esse motivo nós listamos algumas dicas para que você possa ter lojas integradas. Veja todas as sugestões e coloque elas em prática na sua empresa!

Invista na comunicação interna

Ao trabalhar com lojas em diferentes localidades a comunicação começa a ser um problema. Para evitar os ruídos e equívocos que possam vir a acontecer, é essencial que você escolha um canal prático para que a comunicação aconteça — de preferência algum que guarde as mensagens enviadas. Somado a isso, um protocolo de comunicação é útil à medida que ele orienta como e quando usar os canais de comunicação, assim como quando é necessário buscar contato pessoalmente.

Mantenha as lojas integradas pelo TI

A adoção de softwares e hardwares em todas as filias da empresa é algo fundamental. Ao optar por aparelhagem e ferramentas diferentes, estamos correndo o risco de enfrentarmos problemas de integração, dificuldades de manutenção e falha na transição de informações — ou na coleta delas. Por isso o ideal é que os recursos de TI sejam compartilhados e mantidos exatamente os mesmos em todas as lojas integradas.

Padronize os processos

Para manter a integridade do negócio a padronização de processos deve ser feita. Crie protocolos de comunicação, de atendimento, de logística, de registro de vendas etc. A ideia aqui é fazer com que todas as lojas sejam iguais tanto em qualidade de atendimento ao cliente quanto nas questões gerenciais.

Crie um modelo de treinamento

Como já falamos, para que filiais funcionem adequadamente é preciso ter processos padronizados. Entretanto esse tipo de coisa só é possível se os colaboradores forem aptos a reproduzir as mesmas ações independentemente de qual loja eles forem trabalhar. Por isso o modelo ideal de treinamento é aquele em que conseguimos ministrar os mesmos conteúdos para todas as novas contratações, mas isso só é possível quando montamos um modelo para ser seguido.

Faça uso de sistemas de gestão

Os sistemas de gestão são uma alternativa necessária para ter controle das várias lojas espalhadas pelo país. Como a matiz às vezes precisa gerir o estoque, o caixa e as vendas de suas filiais, a automação desses processos por meio de softwares é necessária e muito bem-vinda para evitar prejuízos, desperdícios e mercadorias paradas.

De uma forma geral, podemos dizer que o manejo de filiais depende principalmente da padronização dos processos gerenciais, do treinamento eficiente de colaboradores e da utilização de tecnologias que permitam a transição de informações. São essas coisas que criam lojas integradas e conseguinte a isso permitem o sucesso da marca.

Agora que você já pegou várias dicas para criar lojas integradas e deixar suas filiais iguaizinhas a matriz, que tal curtir nossa página no Facebook? Lá você pode entrar em contato com a gente, receber avisos de novos artigos e acompanhar os comentários das pessoas que nos seguem!