Durante a crise financeira, a expressão “apertar os cintos” se populariza entre os empreendedores. No entanto, parece que, em meio aos inúmeros cortes no orçamento, a maioria dos gestores fazem uma exceção: os investimentos em tecnologia não podem parar! Pelo menos é o que aponta um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que mostra que os investimentos se mantiveram inalterados entre 2015 e 2016.

É evidente que o resultado da pesquisa não poderia ser diferente, afinal, é justamente com a tecnologia que podemos diminuir os custos do negócio. Além disso, é por meio dos softwares e sistema atuais que os gestores conseguem garantir a eficiência e eficácia dos seus planos de ação, além de uma produtividade muito maior. A pergunta que sobra é a seguinte: quais sistemas devo adotar na minha empresa?

A seguir, resolvemos trazer uma lista com 4 softwares que ajudam a otimizar rotina do lojista. Confira!

1. Enterprise Resource Planning (ERP)

O primeiro sistema que vamos apresentar é o ERP. Basicamente, ele é o conjunto de técnicas e softwares destinados à automação de processos do negócio, além da administração de todos os dados internos sobre a empresa. Dessa forma, é possível garantir mais integração entre os setores, evitando problemas comuns como os ruídos de comunicação ou os gargalos de produção.

O resultado é uma empresa com menos retrabalho, mais produtiva e, é claro, com menos custos, afinal, os sistemas substituem uma série de processos manuais. Além disso, o ERP é o primeiro passo para garantir a escalabilidade do negócio, isto é, promover um crescimento sem que, para isso, tenhamos que aumentar a estrutura do negócio – o que acarreta em mais gastos.

2. Customer Relationship Management (CRM)

Outro sistema que é tão usado quanto o ERP é o CRM, que também tem o objetivo de automatizar processos internos e a geração de dados, no entanto, o foco aqui é o cliente. Sim, estamos diante do sistema mais apropriado para acompanhar a clientela em todos os estágios do funil de vendas, o que é excelente para trabalharmos nas melhores estratégias de fidelização e de vendas.

Vários setores se beneficiam com esse tipo de ferramenta, a começar pelo marketing e a equipe de vendas. Com as informações obtidas, eles podem otimizar todas as ações de atração e conclusão de vendas. Além disso, a própria gestão do negócio também tem um ganho significativo, afinal, poderá tomar decisões com base em informação.

3. Softwares contábeis e financeiros

Por fim, temos que falar, ainda, dos softwares contábeis e financeiros, indispensáveis para que possamos gerar um controle das finanças efetivo na empresa. É fundamental contar com esse tipo de ferramenta, afinal, os erros humanos podem custar muito caro nessas duas áreas, e com os softwares de controle fica muito mais fácil evitá-los.

Vale lembrar, ainda, que um dos maiores problemas enfrentados pelas organizações é a dificuldade em lidar com as finanças e a contabilidade. No segundo caso, o cuidado deve ser ainda maior, pois quando pagamos tributos a menos, podemos incorrer em multas e juros de mora. Além disso, muitos gestores também acabam pagando tributos a mais por conta de problemas ligados à contabilidade.

Gostou do nosso post sobre softwares para otimizar rotina do lojista? Então que tal acompanhar a nossa página no Facebook e ficar por dentro de mais novidades?